Feira inspira-se na história para criar portas de luz que evocam o centenário dos Paços do Concelho

Feira de São Mateus

A Feira de São Mateus terá novos pórticos de luz na edição de 2016. Pórticos inspirados em antigas entradas do certame dos anos 40, 50 e 60, e que evocam o centenário dos Paços do Concelho.

Esta novidade promete ser assim uma das maiores curiosidades dos visitantes e a ligação da iluminação será um dos momentos altos da abertura da feira franca.

A iluminação da Feira homenageia assim os 100 anos dos Paços do Concelho e inscreve nas suas três principais entradas versões históricas distintas do brasão da cidade. As principais portas do recinto recuperam ainda a estética antiga das estruturas, recorrendo a carpintaria na sua construção, à semelhança do pórtico de 1949 (conforme imagem).

A organização salienta o “revivalismo” da Feira nesta aposta. Renova-se a imagética do certame, reforçando os laços com a memória coletiva e com a sua identidade histórica.

____________________________________________________________________________

»» Os pórticos de luz na Feira

A Porta de Viriato, principal entrada do certame, tem no centro um brasão que se destacava no cartaz da Feira Franca, em 1929. Embora este brasão não tivesse ainda sido homologado, era a versão utilizada à época na simbologia do Município em materiais como ofícios, editais, publicidade, entre outros.

No grande pórtico de luz instalado na Porta de São Mateus, o brasão de Viseu que aparece representado é a primeira versão do brasão em época republicana. Por proposta de Almeida e Silva, o Município adotou-o e está inscrito no edifício da Câmara Municipal, nos azulejos da escadaria, desde 1911. Esta versão apresenta uma estrela, símbolo caro à ideologia da República, abandonando a coroa.

A Porta do Sol Posto acolhe no seu pórtico o brasão de 1863 que aparece na primeira coletânea sobre os brasões municipais do país, da autoria de Vilhena Barbosa, especialista em heráldica. Nessa coletânea, é com este brasão que Viseu é representado em tempo monárquico.

Partilhar: