Concurso de Vestidos de Chita regressou 32 anos depois

Feira de São Mateus

A Feira de São Mateus retomou este domingo outra das suas glórias perdidas no tempo: a dos concursos de vestidos de chita. Desde 1984, há 32 anos, que não eram organizados.

Perante uma plateia de mais de mil pessoas, o histórico concurso regressou à Feira de São Mateus com 12 vestidos originais em competição, confecionados por 10 estilistas e costureiras de Viseu e apresentados por oito jovens modelos. Três foram premiados: os de Cármen Rocha (1º Prémio), Rosa Cotinha (2º Prémio) e Alda Sousa (3º Prémio). Foram júri os estilistas Carlos Ferreira e Maria de Lurdes Correia e o gestor da Viseu Marca, Jorge Sobrado.

Segundo o responsável “a aposta insere-se no projeto de revitalização da Feira de São Mateus que vai resgatar ao baú memórias perdidas no tempo, com afetos vivos na comunidade, à semelhança do ‘Dia de Viriato’ e da caixinha de furos de chocolate da Regina.”

Instituídos nos anos 40 do século passado na cidade de Viseu, os concursos de vestidos de chita passaram a ser realizados na Feira em 1970 e, durante 14 anos, criaram tradição e conquistaram grande popularidade. Largas dezenas de estilistas, costureiras e modelos da região tiveram nesse palco a sua montra de apresentação.

Em 2017, a organização da Feira promete retomar a iniciativa. Foram parceiros do evento o Grupo Peixoto, na produção, Cabeleireiros Lúcia e Patrícia Ramos, na maquilhagem.

Partilhar: